Nódoa no Brim Edição #1 | Julho/2013

Por | 21 de março de 2016
principal

O Poeta e seus Motivos: Brasil e México

Com essa poética se abre o livro Campo Alaska (Oaxaca de Juárez, 2012), de José Javier Villarreal. Em cuja forma se flagra o alinhavo poético não só pela disposição em versos marcados pelas pausas como pelas imagens com que se expressam etapas do fazer poético. Ser poeta, diz ele numa entrevista, é uma condenação, prazerosa mas uma condenação, cuja pré-história remete à cena amorosa de uma avó que lê, lê e lê ao neto, pequeno, deitado, com os olhos pregados no teto do quarto. Doação, origem também da automatização de, ao escrever, vir-lhe sempre ao poeta o recorte da modulação poética.
Campo Alaska é o oitavo livro de poesia do autor. Segundo ele, só possível agora por se tratar de uma obra da maturidade. Gestado desde 2006, o livro ganhou sua forma final inspirada numa viagem do poeta a um local na Baixa Califórnia. Visita providencial, ao “lugar mais alto de La Rumorosa”. Por isso o “livro está aberto aos acidentes epifânicos, às revelações, porque vi – confessa – a estrutura da obra, e para um poeta é muito importante ver esse panorama, onde já se vê o livro com suas veredas e seções.” Campo Alaska, um ex-quartel militar, aparece focalizado diretamente no poema da p.101(quadro abaixo):
Aí se encontra a razão do título do livro, e também do que ele fala: do sujeito em solidão, que procura o que se escondera na ruína do tempo, em busca desse TU a que a todo momento ele se dirige.

Tieko Yamaguchi / Caderno de Cultura DS

 

01

02

03

04

O Núcleo Estudos da Literatura Wlademir Dias Pino foi criado pela Resolução n.180/2007 – CONEPE, em 07 de dezembro de 2007. Surgiu do grupo de pesquisa Estudos da Literatura de Mato Grosso, cadastrado no CNPq e liderado por Walnice Vilalva e Tieko Miyazaki.

Autor: Núcleo Wlademir Dias Pino

O Núcleo Estudos da Literatura Wlademir Dias Pino foi criado pela Resolução n.180/2007 – CONEPE, em 07 de dezembro de 2007. Surgiu do grupo de pesquisa Estudos da Literatura de Mato Grosso, cadastrado no CNPq e liderado por Walnice Vilalva e Tieko Miyazaki.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *