Nódoa no Brim Edição #45 | Maio/2017

Por | 12 de junho de 2017
j

As águas correntezas no conto Olhos D’água, de Conceição Evaristo

Inicio com a epígrafe acima por acreditar que esta vem ao encontro das imagens que saltam do conto Olhos D’água, de autoria de Conceição Evaristo. A narrativa, também título da obra, faz parte de uma coletânea de contos que denunciam e anunciam, tanto a resistência, quanto a falta de legitimidade que passam os afrodescendentes. Mais especificamente, retratam seus dilemas sociais e existenciais, dadas as situações de vulnerabilidade a que estão expostos.A leitura do conto nos inquieta a pensar no puro labor que envolve a produção escrita, em que a autora reafirma sua condição de mulher, negra, escritora, filha e mãe. Conforme Gaston Bachelard (2002), o amor filial é o primeiro princípio ativo da projeção das imagens, é a força propulsora da imaginação, força inesgotável que se apossa de todas as imagens para colocá-las na perspectiva humana mais segura: a perspectiva materna “[…] quando amamos uma realidade com toda a nossa alma, é porque essa realidade é já uma alma, é porque essa realidade é uma lembrança” (BACHELARD, 2002, p.120-121). Nesse sentido, a narradora declara em primeira pessoa do discurso: […] eu entoava cantos de louvor a todas nossas ancentrais, que desde a África vinham arando a terra da vida com as suas próprias mãos, palavras e sangue. Não, eu não esqueço essas Senhoras, nossas Yabás, donas de tantas sabedorias […] eu precisava buscar o rosto de minha mãe, fixar o meu olhar no dela, para nunca mais esquecer a cor dos seus olhos. (EVARISTO, 2016, p. 18).

Maria Elizabete Nascimento de Oliveira (PPGEL/UNEMAT)

01

02

03

04

O Núcleo Estudos da Literatura Wlademir Dias Pino foi criado pela Resolução n.180/2007 – CONEPE, em 07 de dezembro de 2007. Surgiu do grupo de pesquisa Estudos da Literatura de Mato Grosso, cadastrado no CNPq e liderado por Walnice Vilalva e Tieko Miyazaki.

Autor: Núcleo Wlademir Dias Pino

O Núcleo Estudos da Literatura Wlademir Dias Pino foi criado pela Resolução n.180/2007 – CONEPE, em 07 de dezembro de 2007. Surgiu do grupo de pesquisa Estudos da Literatura de Mato Grosso, cadastrado no CNPq e liderado por Walnice Vilalva e Tieko Miyazaki.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *